Gravidez: tudo que a gestante precisa

Nós fazemos essa pergunta não para assustar ou te deixar ainda mais nervosa com a espera do seu pequeno, mas por que realmente muitas mamães acham que já possuem tudo que precisam para uma boa gestação e para a chegada do bebê, mas na verdade ainda falta um bocado de coisas.

Sabemos que a gravidez e um período que mexe muito com os hormônios, o emocional se desequilibra completamente, e muda a vida da mulher. Quando citamos a gravidez como um momento mágico na vida das mulheres, não falamos metaforicamente, pois realmente é um momento mágico! Esse período revela novas emoções, o corpo passa por mudanças que talvez você nem imaginou que fosse possível, a barriga se amplia com muita rapidez, você começa a se surpreender ao sentir seus seios se enchendo de leite pela primeira vez, as dores começam a ser um pouco mais aguda, sem contar que os inchaços podem ser ainda mais constantes conforme os meses vão passando.

E com tantas mudanças, a nossa mente acaba ficando muito cheia de coisas e você pode até pensar que está tudo em ordem, mas na verdade você está mais perdida que cego em tiroteio.

Respira fundo, se acalme, tome um chá ou uma água, e não entre em desespero. Nós vamos te ajudar a se certificar se realmente possui tudo que precisa para manter sua gestação saudável e segura, se há realmente todos os itens indicados para um bom cuidado do seu pequeno e sem preocupação alguma.

O que é prioritário durante minha gestação?

Para ter uma gestação segura e confortável até seu último mês, as primeiras coisas que você tem que manter em constância com você é a calma e tranquilidade. Esses dois itens são prioritários na vida de qualquer gestante, pois eles são essenciais para uma gravidez sem risco.

Evitar qualquer tipo de situação que pode levar ao estresse, alterações ou esforços por conta da raiva ou algum acontecimento que possa te deixar irritada, é o fator principal que você precisa obter para sua gestação a partir do primeiro momento que descobrir que há uma vida sendo gerada dentro de você. Se se submeter a esses tipos de sentimentos, como o corpo ainda está em fase de adaptação para o bebê, o corpo pode achar que o feto está causando esses sentimentos negativos e tentará expulsá-lo através de contrações prematuras ou dores abdominais que podem afetá-lo de alguma forma.

 É importante providenciar um encosto e travesseiro apropriado para gravidez, eles são longos e servem para o melhor conforto ao dormir. Os encostos são essenciais para uma gestação mais confortável pelo fato dele proporcionar uma boa postura ao se sentar, manter a coluna confortável e aliviar um pouco aquela dor chatinha que é causada pela encurvada que o osso vai dando conforme o bebê vai crescendo e a barriga vai se apontando para frente forçando a lombar de alguma maneira.

Mantenha uma alimentação muito saudável e com frutas, legumes e verduras inclusas no cardápio, nada de aproveitar que a fome duplicou para comer muitos lanches, massas ou qualquer outra coisa gordurosa, ok? Uma dieta com muitos nutrientes irá prover benefícios maravilhosos durante sua gravidez. O cansaço vai diminuir, a pele ficará mais nutrida e hidratada, as marquinhas costumeiras da gestação não serão presentes com constância como pequenos gravos e áreas mais escuras, a pele terá mais elasticidade e o risco de surgimento de estrias será bem menor. Fora que seu obstetra abrirá um grande sorriso ao ver seu pequeno ganhando peso e muito saudável. E se bater aquele desejo e vontade descontrolada de comer um docinho, tente não abusar. Combinado, mamãe?

Devo comprar novas roupas?

Conforme a barriga for crescendo, aquelas roupinhas mais apertadinhas ou até as calças jeans que você tanto ama vestir não serão mais suas melhores amigas durante a gravidez, pois a barriga onde seu pequeno está se desenvolvendo não deixará nenhum botãozinho se quer se fechar sobre o útero elevado.

Mas não precisa se frustrar, pois existem calças jeans com um elástico especialmente para gestantes! Ótima notícia, concorda? Essas calças elas possuem um elástico de flexibilidade moderada que permite cobrir a barriga enquanto a mãe veste a calça, dando total conforto mesmo sem botões ou zíper. Apesar de muitas mamães não acharem muito atraente esses tipos de calça, para quem ama um jeans e não abre mão da peça será uma grande salvação!

Se você tiver roupas que esticam, de tecidos frescos e sem muita rigidez como batas, blusinhas folgadinhas e vestidos, não precisa se preocupar em comprar toneladas de roupas três vezes maiores que seu número para usar enquanto sua barriga estiver bem redonda e grande. Se quiser realmente comprar novas peças, os macacões e vestidos longos são peças que te deixarão um charme enquanto seu bebê ainda estiver dentro da sua barriga. Essas peças traz um ar de elegância e sofisticação ao mesmo tempo, deixando qualquer gestante que vista super estilosas e modernas, só tome cuidado com detalhes como botões ou elásticos que podem apertar a barriga de alguma forma.

 Sobre os calçados, lamentamos informar que a diversidade não será muito possível. A gravidez costuma reter muito líquido nas mulheres por conta da grande quantidade de hormônio, os tornozelos e pés são os que mais são afetados por esses líquidos retidos ficando inchados e doloridos. Ou seja, sandálias e chinelos serão seus melhores amigos do quarto mês para frente, mamãe.

Kit pós-parto!

Por mais que seu pequeno ainda demore para sair do forninho, o kit pós-parto precisa ser providenciado a partir do sexto mês a diante. Ele consiste em uma cinta pós-parto, absorventes (os noturnos são os mais indicados após o nascimento do bebê), duas ou mais calcinhas grandes e largas, sutiãs que possuem abertura nos seios, tampões para impedir que o leite vaza enquanto o bebê não estiver mamando. E é claro que muitos artigos de higiene não podem faltar (hidratante, sabonete, escova de dente, perfume, toalhas, pasta de dente, cotonete, algodão, desodorante, shampoo e condicionador).

Os artigos de higiene e absorventes podem ser providenciados após o oitavo mês de gestação. Aconselhamos que os demais sejam providenciados com antecedência pelo fato da gestante precisar escolher com calma e as peças que ela mais achar confortável para o momento. Como os seios ainda vão estar muito inchados e doloridos por conta do leite, o útero e a região da virilha e barriga muito sensíveis, as peças precisam ser de algodão e de alta costura.

Dessa forma, você estará mais do que preparada durante sua gestação e após o nascimento do seu pequeno, podendo o curtir sem preocupação alguma.

WhatsApp chat