Gravidez e Os Primeiros Sintomas

Geralmente quando sentimos mal-estar ou a sensação de algo estar errado com nosso corpo, imediatamente recorremos a emergência para saber o que há de errado. Às vezes, apenas pelo fato de você ter se alimentando incorretamente ou ter ingerido muita coisa gelada pode ser motivo para mudanças em seu sistema imunológico. E da mesma forma ocorre quando surge uma gravidez.

Como o feto é reconhecido como um corpo estranho, o sistema de defesa acaba tentando se livrar dele de alguma forma, o que ocorre o descontrole da imunidade e os sintomas começam a dar indícios no corpo.

A menstruação é a primeira a informar sobre a gravidez?

Sem sombra de dúvidas, a nossa amiguinha de todos os meses que nos causa uma grande dor no pé da barriga, mudanças hormonais e de humor é a primeira a informar uma gravidez a uma mulher.

Sabemos que algumas mulheres possuem um círculo um pouco desregulado, o que pode ser facilmente confundido com uma gravidez. Porém, há detalhes que podem te ajudar a diferenciar um atraso hormonal de uma gestação. Vamos conferir?

Antes de tudo, marque a última menstruação em seu calendário. Geralmente os atrasos menstruais costumam aparecer de uma semana a um mês, dependendo muito da questão hormonal. Se os hormônios estiverem com a produção desregulada pode haver sim um atraso de longo prazo, o que é totalmente normal de ocorrer.

Quando se trata da gravidez, geralmente o atraso se prolonga. Alguns casos, o corrimento vaginal costuma surgir levemente rosado, algo que pode ser confundido com o início da menstruação. Essa coloração se dá devido a fecundação do espermatozoide no óvulo, indicando que ele conseguiu ser fecundado e sofreu um leve trauma o que resultou no pequeno sangramento.

E o que também diferencia o atraso menstrual da gestação é o tamanho do útero e a sensibilidade dos seios. Preste a atenção se o pé da barriga está elevado e levemente inchado, da mesma forma funciona com as mamas, elas devem estar com uma sensibilidade maior e levemente inchadas. Se encontrar essas características no seu corpo e a menstruarão ainda não surgir, parabéns! Há uma vida se formando dentro de você, futura mamãe!

Quais os principais sintomas no início da gestação?

Os sintomas se iniciam gradativamente no corpo da gestante. Algumas mulheres podem ter sintomas que vareiam de organismo para organismo, alguns sendo um dos sintomas principais e que aparece em todas as mulheres.

Como costumeiro, os enjoos são os primeiros a aparecerem. A mudança de humor e as tonturas começam a surgir um pouco depois, geralmente no terceiro ou quarto dia após os enjoos terem iniciado, podendo ter o tempo de surgimento um pouco mais prolongado.

É um pouco complicado de compreender, mas basicamente o enjoo surge pelo fato do hormônio da gravidez, o HCG, estimular uma área cerebral chamada “centro do vômito”, responsável por fazer o estômago se contrair e expelir os alimentos se algo desconfortável ou a presença de algum invasor foi detectado. No caso da gravidez, ainda não se é esclarecido 100% porque essa área é estimulada, dando as náuseas e enjoos em poucos dias de gravidez.

Os enjoos podem ser leves, moderados e intensos, tudo dependerá do sistema imunológico e da intensidade que a área do cérebro será estimulada pelo HCG, variando de mulher para mulher como citamos um pouco mais acima.

Além dos enjoos, é comum a futura mamãe sentir um pouco de azia ou sensação de inchaço na área do estômago. Então, preste bem atenção nesses sintomas.

O que posso fazer para melhorar os enjoos?

Esse sintoma é o que mais incomoda a maioria das mamães, principalmente por ser um sintoma que pode acompanhar a gestação até o penúltimo mês.

Para aliviar o desconforto e te ajudar a conseguir se alimentar melhor, beba bastante água durante o dia. Encha uma garrafinha de 1L duas sou três vezes por dia, tentando tomar o liquido sempre que conseguir. A agua é um ótimo agente no quesito hidratação, o que vai te ajudar a manter o estômago hidratado e impedir que o enjoo seja forte ou muito constante durante os dias, impedindo que o hormônio HCG afete constantemente a área cerebral que nos faz ter enjoos e vômitos, pois a hidratação vai ajudar a controla-lo e normalizá-lo mesmo sendo por curto prazo. Por essa questão indicamos que sempre beba um gole ou outro da água.

Ah! De preferência, tente manter sua água fria, não gelada, pois a baixa temperatura dá uma sensação de frescor no estômago, aliviando a sensação de desconforto e mantendo o enjoo controlado por algumas horas.

O que pode ajudar os primeiros sintomas da gravidez?

Para te ajudar a lidar melhor com os sintomas sentidos por causa da gravidez, você pode pedir orientação medica e do responsável pelo seu pré-natal. Como é algo que ocorre pela mudança drástica do sistema imunológico e necessita de tempo para que ele se estabilize e se acostume com o novo hospedeiro (feto), não é certo dizer que haverá algo milagroso que fará os sintomas sumirem.

Você pode tomar precauções e cuidados para evitar que eles apareçam com intensidade e frequência.

Como já citada, a água é o principal elemento que vai te ajudar a lidar melhor com as tonturas, enjoos e desconfortos. Quando o corpo se encontra com um nível de hidratação boa, tudo se torna mais fácil de lidar, principalmente dores e cólicas por conta da expansão que o útero precisará passar para o crescimento do bebê. Além disso, os obstetras indicam medicamentos apropriados para a gravidez, que não são prejudiciais para os bebês.

Então, nada de tomar qualquer medicamento, ok? Pergunte para seu médico se o medicamento que pretende usar é inofensivo para o pequeno, pois não queremos nenhum acidente. Certo, mãezinha?!

Sabemos como é difícil, mas passar por todos esses sintomas desconfortáveis vão valer a pena depois de ver aquele pequeno ser feito por você em seus braços.

WhatsApp chat