5 Principais Dúvidas sobre o Parto

O nascimento do bebê é um momento muito mágico para a mamãe, principalmente pelo motivo de ver aquele pequeno ser tão indefeso e completamente dependente dos seus cuidados e da sua total atenção. A responsabilidade em manter uma boa saúde, bom desenvolvimento e o pequeno sempre em bons estados (fralda trocada, roupas limpas e confortáveis, cuidados com a pele, etc) acaba se tornando um grande desafio, mas conforme o tempo vai passando e tudo isso vai se tornando rotineiro você vai ver como será muito mais fácil cuidar desse pequeno ser.

 Porém, as pessoas ficam tanto no momento do nascimento do seu pequeno, nas roupinhas, cuidados e tudo que for preciso para você conseguir cuida-lo da melhor forma possível, que a maioria delas esquecem de te orientar sobre o momento do parto, os inúmeros desconfortos e situações que talvez possam te assustar e te deixar um pouco tensa.

 Respire bem fundo e mantenha a tranquilidade, pois vamos responder 5 dúvidas muito frequentes sobre o parto para você, mamãe de primeira viagem, ficar mais tranquila.

Fique aqui conosco e nos acompanhe nos próximos tópicos!

1 – Quais são os sintomas do trabalho de parto?

Os sintomas são muito próprios do trabalho de parto. Primeiro, você deve ficar atenta nas dores na regi]ao lombar e que podem radiar na região abdominal, resultando na tão famosa contração que acontece de meia em meia hora, tornando a barriga mais rígida e obviamente contraída. E é bom prestar a atenção para ver se a bolsa não se rompeu, observando se nenhum liquido claro escorre pelas suas pernas ou molhou suas roupas.

Preste a atenção na sua respiração, tente mantê-la controlada e não se desesperar. A saturação normalizada é muito importante nesse momento, por isso exercícios de respiração são muito essenciais como o famoso “aspirar a flor e soprar a vela” que é nada mais que inspirar fundo pelo nariz e expirar pela boca quantas vezes for necessário e mantendo a calma apesar de ser um pouco complicado por conta da forte dor.

Outro fato que pode ocorrer é um leve sangramento como e fosse um final de menstruação. Calma! Isso não significa que seu bebê corre perigo ou algo do tipo, isso pode ser apenas um alerta sobre o rompimento da bolsa. Mas se caso houver sangramento em excesso, não pense duas vezes antes de ir correndo para o pronto-socorro, ok.

2 – Quanto tempo o trabalho de parto costuma durar? Há limite de tempo?

O tempo do trabalho de parto pode variar de mulher para mulher, e não há limite de tempo até o bebê nascer.

Geralmente a média de espera até o nascimento gira em torno de 10 a 12 horas, podendo variar de acordo com a situação da mãe e do bebê, se eles possuem boas condições para esperar um pouco ou se é preciso fazer um parto induzido para não correr riscos de acidentes e situações graves. Mas se pretende ter outro bebê no futuro esse período de espera será um pouco menor, podendo durar de 4 a 6 horas, e no seu terceiro bebê, 3 a 2 horas.

3 – Com quantos dedos de dilatação é necessário para ter um parto normal?

O desejado é que você esteja com 7 ou mais dedos de dilatação para uma passagem mais tranquila para o bebê e menos desconforto para você. Se caso você tive rum quadril um pouco mais estreito, o parto normal pode ser um pouco mais difícil de acontecer pelos dedos de dilatação, pois quadris mais estreitos costumam não deixar o útero muito confortável para ter uma boa dilatação, o contrário de quadris mais largos que cede mais conforto para que a dilatação seja realizada com mais facilidade.

Mas é claro que estamos falando de situações e situações, talvez você tenha o quadril largo e n]ao consiga uma boa dilatação para o nascimento do pequeno tendo que recorrer a uma cesária de urgência, assim como aquelas mamães de quadril mais estreitinho podem ter melhor elasticidade nos tecidos e consiga realizar o parto normal com mais tranquilidade.

Uma dica que damos que pode ser muito bacana é a caminhada. Na verdade, ela não ajuda na dilatação, mas faz o bebê se encaixar e descer com mais facilidade. Por isso, muitas mamães quando vão ganhar seus pequenos costumam caminhar pelos corredores dos hospitais junto com enfermeiras.

4 – Como funciona o preparo para o trabalho de parto?

O preparo para esse período precisa ser iniciado a partir do oitavo mês de gravidez, já acostumando seu corpo com certos alimentos e novas rotinas para quando chegar o momento, ele estar mais preparado e você conseguir ter um trabalho de parto mais tranquilo e com menor risco de complicações.

Esse preparo se baseia em exercício físico e boa alimentação, principalmente quando se trata de muita fruta e verduras. E um dos exercícios mais indicados para esse momento é o pilátes, o que ajuda no fortalecimento do abdômen e facilita o momento do parto.

Um abdômen mais forte facilita no momento da descida do bebê até o canal vaginal.

5 – Qual parto é o de melhor recuperação?

Você pode sim ter um parto Cesária, mas o normal ainda sim é o mais seguro e de melhor recuperação. Como a cesária requer um corte e costuras, a recuperação é um pouco mais chatinha, Precisa ter um pouco mais de cuidado, n]ao fazer esforço e sempre ficar de olho para ver se o corte está cicatrizando corretamente ou se há algum tipo de infecção ou queloide por cima da cicatriz.

O parto normal é algo de momento, a dor será sentida apenas durante as contrações e o trabalho de parto. Após algumas horas do nascimento, há um pequeno desconforto no canal reprodutivo sim, mas nada que seja insuportável e você já poderá caminhar, cuidar do pequeno sem se preocupar com pontos ou se o corte está em ordem. E a recuperação é algo de um a três, considerando que durante esse período a mãe já esteja se sentindo bem e quase não parece que acabou de dar à luz.

WhatsApp chat